Desde o início do FECIM os seus idealizadores sempre reforçaram a ideia de que seria viável desenvolver o Sítio Histórico de Muqui pelo Audiovisual. E a realidade provou a teoria. De lá pra cá vários projetos já utilizaram as casas, bares e praças da cidade como cenários de curtas, séries e clipes.

Foto: Divulgação/Caju Produções

Em 2020, e às vésperas do Carnaval, o Sítio Histórico recebe a produção do curta “Três Graças”, uma produção da Caju Produções, produtora cultural de Vitória. As gravações já duram uma semana e os planos estão sendo filmados principalmente na Fazenda Santa Rita, por se tratar de uma narrativa rural.

O projeto faz homenagem às mulheres e usa como referência as deusas da mitologia grega. O filme conta com a participação de diversos prestadores de serviços da cidade, além de incentivar o projeto “Cama e Café”, serviço de hospedagem nas casas tomadas. Entre os nomes do grande elenco estão as atrizes Margareth Galvão, homenageada na 6ª edição do FECIM, e Simone Mozzer, cantora aclamada pela crítica, e atriz do premiado filme “Nise: O coração da loucura”. “Três Graças” é um projeto produzido pela Caju Produções e pela Lúdica, com direção de Luana Laux e roteiro de Léo Alves. O projeto é realizado com recursos do Funcultura – Secult ES, em Muqui (ES).

Acompanhe as gravações pelo link: https://www.instagram.com/caju_producoes/

O Projeto reforça a nova etapa do “POQUI – Pólo Criativo e Audiovisual de Muqu”. A ideia do projeto, ação paralela do FECIM, é que o Sítio Histórico seja um espaço permanente de ações culturais no intuito de fomentar o desenvolvimento econômico pela Cultura.

“Muqui é uma cidade cenográfica. Em todos os nossos projetos, estabelecemos uma relação com o Patrimônio Arquitetônico. Sensibilizamos a sociedade para que todos preservem ao máximo o seu acervo, pois é uma fonte de muitas riquezas. Esse filme dá o pontapé inicial de uma grande jornada de sucesso para o audiovisual capixaba. Em Muqui temos muitas conexões com parceiros e prestadores de serviços. O objetivo é fortalecer e apoiar as produções dos cineastas de todas as partes do Brasil”, reforça Jussan Silva e Silva, idealizador do FECIM.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *