Em 2019 o FECIM homenageou a “cidade menina” e a manipulação do tempo no cinema. Nossa produção fez questão de cumprir à risca o seu compromisso com o audiovisual e selecionou duas mulheres que amam o cinema, e que estão ligadas com a história do Festival e com o Sítio Histórico de Muqui. Conheça um pouca mais das curadoras que farão parte da nona edição do FECIM nos dias 12, 13 e 14 de novembro de 2020:

São elas:

Foto: Leandra Moreira

Leandra Moreira. Com experiência em produção audiovisual a mais de 18 anos, Leandra Moreira já produziu três series, oito curtas ficção, quatro documentários e mais de 60 comerciais/institucionais – 680 minutos entre filmes e series e 250 minutos em comercial/institucional. Atual presidente da ABD Capixaba, Leandra iniciou Mestrado em Cinema na ECA/USP, e cursou graduação em Artes Plásticas, Publicidade e Jornalismo na UFES, Gestão Cultural na ENAP, em Brasília e fez o Curso Política e Gestão Cultural – Programa de Capacitação em Projetos Culturais do MinC – FGV Online. Já realizou quatro Mostras de cinema Independente para a ABD Capixaba, participou como palestrante no projeto Sexta Básica – oficinas de audiovisual da Secretaria de Cultura do ES (Secult) e como presidente de comissão de avaliação de projetos no edital de finalização da mesma secretaria. Participou ainda da comissão de júri da 2ª Mostra Capixaba de Audiovisual Etnográfico, da Mostra da ABD Capixaba 2017 e do Cine. Ema 2018 e 2019.

Foto: Christiane Martins

Christiane Martins. Nascida em Muqui no ano de 1973, morou na cidade até os 16 anos. Mudou para o Rio, onde estudou Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Santa Úrsula e nesta cidade começou a exercer a profissão. Em 2000 foi para Vitória onde desde então trabalhar com Arquitetura e Interiores. Em 2019 passou a interagir com os projetos do Sítio Histórico de Muqui. Sua ligação com o cinema vem de família, desde quando frequentava o “Cine São Jorge”, antigo cinema de Muqui.

Na foto de capa: “A Fraternidade é Vermelha” (1994), filme de Krzysztof Kieślowski.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *