Considerado um dos filmes do ano, “Bacurau”, de Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles, será exibido em Muqui durante a oitava edição do Festival de TV e Cinema de Muqui, no sul do Estado do Espírito Santo.

A exibição só foi possível pela parceria estabelecida entre o FECIM e a Vitrine Filmes, distribuidora da obra.

“Receber Bacurau em Muqui é um orgulho sem tamanho. Os muquienses terão a oportunidade de contemplar uma obra estranha, complexa e cheia de camadas. O interior é compreendido como esse lugar “fora do mapa”, “onde não há nada” ou “onde nada dá certo”. Creio que há simetrias entre Muqui e Barra, sobretudo no que diz respeito à lógica de dominação entranhada na política interiorana. A digressão do tempo é um ferramenta usada pelos moradores do povoado e que nós, aqui, desejamos vivenciar. Nós, do FECIM, esperamos que Bacurau seja bem acolhido. Tenho a percepção que o filme se passa no futuro, e fico feliz que ele se encontre, no presente, com o passado de Muqui”. Jussan Silva e Silva, idealizador do FECIM.

A programação completa do 8º FECIM com a data de exibição de “Bacurau” será divulgada em breve. O FECIM é uma realização da Puri Produções e da ACE – Associação Comercial e Empresarial de Muqui.

Sinopse: Um western brasileiro. Um filme de aventura e ficção científica. Pouco após a morte de dona Carmelita, aos 94 anos, os moradores de um pequeno povoado localizado no sertão brasileiro, chamado Bacurau, descobrem que a comunidade não consta mais em qualquer mapa. Classificação indicativa: 16 anos.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *